Irmã Anatólia Bodnar

Serva de Maria Imaculada

1.
Irmã Anatólia nasceu de uma
Família católica ucraniana
Seus pais Gregória e Pelágia
Deram-lhe formação cristã e mariana.

2.
Desde a mais tenra idade sentiu-se
atraída por Maria. Sua devoção mariana
começou desde muito cedo. Ela a trouxe do
próprio berço e a intensificou como ucraniana.

3.
Ela nasceu aos 29/3/1884, em Jujel.
Batizada com o nome de Tecla Bodnar.
Província de Galícia na Ucrânia Ocidental.
Com oito anos foi testemunha ocular.

4.
Presenciou a fundação da Congregação
das Irmãs Servas de Maria Imaculada,
da qual viria mais tarde ser membro.
Tecla com outras meninas era orientada.

5.
O modo de vida das primeiras Irmãs
exercia nela grande fascínio; a fazia grata.
Junto outras meninas gostavam de frequentar
a cantoria da fundadora Irmã Josafata.

6.
Irmã Josafata Hosrdashevska ensinava
canto litúrgico, amor a Jesus e Maria;
lia belos contos e exemplos; Tecla crescia
neste ambiente favorável cheia de alegria.

7.
E um dia percebeu em si o desejo
cada vez mais forte de se consagrar
a Deus para se colocar a serviço do povo
e assim o Reino de Cristo melhor anunciar.

8.
Em 1902 com 18 anos ingressou na
Congregação Irmãs Servas M. Imaculada.
Buscou exemplo no sim de Maria de Nazaré.
Recebeu o nome de Ir. Anatólia. Foi amada.

9.
Seu temperamento era compenetrado,
e enérgico. Levou a sério sua perfeição
de conhecer a si e a Jesus mestre, modelo.
Deixou-se modelar, aceitando a orientação.

10.
Forte, mas dócil e obediente. Após dois
anos de noviciado, Irmã Anatólia emitiu
os primeiros votos. Abraçou com afinco
a todas atividades; ser santa decidiu.

11.
Sempre pronta a todo serviço mais humilde.
O que a fascinava era o carisma especial
para cura e assistência aos mais doentes.
Especializou-se na enfermagem, foi serviçal.

12.
Aos 15.2.1911 engajou-se para sempre na
Congregação, fazendo sua Solene Profissão.
Começou uma fase nova na vida: esperava,
vir logo para o Brasil e abraçar essa Missão.

13.
Em 1911 chegara nesta Terra Santa Cruz sete
Irmãs missionárias para o Paraná e Santa Catarina.
Quatro para Prudentópolis e três para Iracema.
Vieram atender imigrante ucraniano. Ação divina.

14.
Ir. Anatólia estava nas quatro de Prudentópolis.
Lá assumiu zelar pela igreja e servir os doentes.
Sempre pronta para servir e atender todos com
palavras de alento, remédio aos mais gementes.

15.
Em 1915 foi nomeada Mestra das Noviças.
Alma de oração, sofrimento e obediência total.
Via a plena vontade de Deus. Formava Noviças
e o fazia com humildade serena e firmeza leal.

16.
Em 1934 foi nomeada Superiora Provincial
para Província brasileira São Miguel Arcanjo.
Foi fiel em tudo e extremamente dedicada às
Irmãs, formação, trabalho, era verdadeiro anjo.

17. A Eucaristia foi sua fonte inesgotável de
vida e graça. Deste sacramento ela hauria
forças necessárias para heroicamente poder
praticar toda virtude e conselho com alegria.

18.
No ano 1947 terminou o mandato Provincial.
Após breve intervalo foi nomeada assistente
da Superiora de Prudentópolis e assistente da
Mestra de Noviças. Foi sacrifical e inteligente.

19.
Seus últimos anos de vida foram marcados
de modo particular pela cruz. Foi acometida
de uma incurável gangrena, seu leito de dor
e seu altar de imolação onde foi consumida.

20.
Oferecia sua dor pela Igreja e Congregação,
Sacerdotes e povo ucraniano, povo querido,
para o qual dedicava o melhor da existência.
Suportou dor atroz com paciência e sentido.

21.
Seu alívio era: oração e contemplação sobre
Jesus na Paixão e morte para poder sofrer
até o fim e cumprir fielmente a vontade divina.
Aos 16/02/1956, sacramentada, veio a falecer.

22.
Os fiéis, em número crescente acorrem,
à sua forte proteção buscando intercessão.
Seu túmulo é visitado diariamente pelo povo.
Vem pedir e agradecer a sua cura e proteção.

23.
Irmã Anatólia foi “Alma de Oração”.
Ao longo de sua existência soube viver
abandonada a Deus, num crescimento,
sempre mais profundo: com Jesus padecer.

Alcançando graças pela intercessão da
Irmã Anatólia, favor comunicar:
Postulação Irmã Anatólia, Cx. Postal 383
CEP 8001-970. Curitiba, PR 
Amém.

Telefone: (41) 3223-7759 ou (41) 3322-1744.

Curitiba, Mercês, 25/7/2013
Frei Ivo Severino Bonamigo. Ofmcap.